Traductor

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Tripas à moda do Porto

Os habitantes do Porto são conhecidos como "tripeiros" por ter inventado este prato de restos de carne. O resultado é um prato de inverno, porque o calor potencial é enorme. Entre os ingredientes encontramos chouriços, presunto, carne, galinha, orelha de porco e outros segredos  que cada um tem. As tripas são servidos misturados com feijão branco e pode ser acompanhado com arroz. Um tempero usado neste prato é o coentro, muito comum na culinária  Portuguesa. Conta a historia que esta receita data de 1384 e que se deve ao fato de os Portuenses terem enviado toda a carne para a frota que, chefiada por Rui Pereira, veio em auxílio de Lisboa, cercada por D. João I de Castela; outros atribuem o fato à generosidade dos Tripeiros que, em circunstâncias semelhantes, acuando da expedição de Ceuta, ficaram reduzidos a comer apenas as miudezas da carne. Também é conhecida pelo nome de dobrada ( Portugal ) ou dobradinha ( Brasil ) . Uma coisa é certa o gentílico tripeiro, que designa um habitante da cidade do Porto, é derivado precisamente deste prato ancestral. Aqui esta a minha receita, na qual eu não ponho mão de vaca, mas podem crer que também fica uma delicia.
 
Ingredientes
600 gramas de dobrada
200 gramas de entrecosto de porco
1 pé de porco
100 gramas de presunto
1/2 frango
100 gramas de orelha de porco
100 gramas de bacon
100 gramas de chouriço de carne
100 gramas de salpicão
100 gramas de chouriço de sangue
600 gramas de feijão branco
2  cenouras
1 dente de alho
1 cebola grande
2 cravinhos
1 copo de vinho branco
2 colheres (das de sopa ) de polpa de tomate
2 colheres (das de sopa ) de banha de porco
Sal, pimenta, cominhos, salsa e coentros
Azeite
 

Preparação
De véspera ponha o feijão de molho, limpe e lave muito bem a dobrada com sal grosso. Escalde-as e deixe de molho em água com sal e rodelas de limão, salpique o entrecosto e o pé de porco com sal grosso. No próprio dia, coza o feijão com a cenoura cortada em pedaços com um fio de azeite, noutro tacho coza também a dobrada com os cravinhos e meia cebola e noutro tacho coza o frango, a orelha, o pé de porco, o entrecosto, o presunto e os enchidos, menos o chouriço de carne e o bacon, retirando à medida que forem ficando cozidos. Depois de cozida corte em tiras a dobrada. Numa panela faça um refogado com a banha, a cebola e o alho picados e um raminho de salsa. Assim que começar a alourar, junte o vinho branco, a polpa de tomate, o chouriço de carne as rodelas e o bacon as tiras. Adicione também um pouco do caldo onde cozeu a dobrada, coado previamente. Deixe ferver lentamente durante cerca de 30 minutos. Junte a dobrada e o resto das carnes já cortada em pedaços, deixe apurar durante 15 minutos, acrescentando o caldo necessário, retire o ramo de salsa. Junte o feijão, tempere com pimenta e cominhos, mexendo cuidadosamente, antes de tirar da panela retifique o sal e ponha os coentros picados, mexendo muito lentamente. Sirva com arroz branco. 

Bom Apetite

Sem comentários:

Enviar um comentário