Traductor

domingo, 27 de março de 2011

Badanas de bacalhau com grão de bico

Ainda estou numa de bacalhau, só que agora vamos fazer umas badanas, claro que sempre em comer de azeite ( como se dizia nas Gafanhas “Portugal”  sempre que a refeição que se fazia levava azeite por cima ). Bem desta vez vamos acompanhar com grãos de bico em vez das couves, depois por cima poremos uma cebola picada com salsa e claro um bom azeite por cima.

Ingredientes
4 badanas de bacalhau já de – molhada
4 batatas medias
500 gramas de grãos de bico
4 ovos
1 cebola grande
1 ramo de salsa
Azeitonas pretas que baste
Azeite
Pimenta

Preparação
Na véspera ponha o grão de bico para de molhar em água, no dia escorra água e ponha o grão a cozer temperado com sal, a parte coza as badanas com as batatas já descascadas e os ovos ( atenção ao sal das badanas ). Quando estiver tudo cozido escorra da água, descasque os ovos e corte ao meio empratar pondo por cima dos grãos a cebola e a salsa bem picada, enfeite com as azeitonas e regue com azeite.

Bom apetite

sábado, 26 de março de 2011

Espinhas de bacalhau


Bem esta receita e bem fácil, basta ter umas espinhas salgadas ( e estas  era as ultimas ). Claro que as espinhas de hoje em dia já não são como antigamente, que vinham com bastantes febras agarrado a elas, hoje em dia nas secas alimpam tudo. As espinhas de bacalhau salgadas em tempos eram um prato muito popular nas Gafanhas “Portugal”, que tem uma forte ligação com as secas de bacalhau. Meia dúzia de espinhas salgadas (depois de - molhadas ) com batatas e couves cozidas, com um fio de azeite por cima, que rico petisco, e depois chupar os ossinhos todos um por um, bem penso que só os mais antigos sabem apreciar este prato. De qualquer maneira quem quiser experimentar basta arranjar algumas espinhas salgadas ( se forem frescas salgue-as com sal grosso durante alguns dias ), verão que vale a pena.

Ingredientes
Espinhas salgadas que baste (de - molhadas )
Batatas que baste
Folhas de couves portuguesas que baste
Ovos ( opção )
dentes de alhos que baste
Azeite

Preparação
Numa panela ponha as espinhas  lavadas com as batatas descascadas e cortadas ao meio , e as folhas de couves inteiras, com os ovos a cozer, ( atenção ao sal das espinhas ). Depois de tudo bem cozido escorra a água e ponha numa travessa, descasque os ovos e corte ao meio e ponha por cima. Lamine um ou dois dentes de alhos e espalhe por cima e regue com azeite.

Bom Apetite

sábado, 19 de março de 2011

Espetadinhas de lulas com gambás


Bem com sabem estamos na quaresma, portanto a que comer peixinho ( hehehehe ). Durante este período tentarei só por receitas com peixes, deixando os pratos de carne para depois da Páscoa. Esta é bem simples, um prato muito leve e com uma junção de sabores à mar, alem disso e fácil de fazer.

Ingredientes
Gambás que baste
Lulas que baste ( de preferência das pequenas )
2 ou 3  dentes de alhos
1 raminho de salsa
1 limão
3 colheres (das de sopa ) de azeite
100 gramas de manteiga
Sal
Pimenta
Tabasco

Preparação
Derreta a manteiga e faz-se um molho com o azeite, alhos picados, salsa, pimenta, o sumo do limão, tabasco  e um pouco de sal. Pincela-se este molho sobre as espetadas  feitas com as gambás e as lulas, ponha-as a grelhar e deixa-se até as lulas e as gambás  ficarem dourados. Sirva com batatas, cenouras e vagens verdes cozidas. Querendo pode  regar com um pouco de molho.

Bom Apetite

sábado, 12 de março de 2011

Porco Moo-shu




“Pai quero Porco Moo-shu, provei é e uma delicia, você tem que fazer”. Foi assim que minha filha Ângela me abordou um dia desses, bem o que um pai não faz por uma filha! .La fui eu para as minhas pesquisas, sorte minha que conheço um chinês que me deu algumas dicas, depois pesquisei um pouco pela net e aqui esta o resultado. Na versão original da China, carne de porco Moo-shu é costeletas de porco sem osso cortado em tiras com ovos mexidos, refogados em óleo de gergelim com amendoim, cogumelos secos (fungo preto) em tiras finas e brotos de lírio ( ou brotos de soja ). Também pode adicionar brotos de bambu em tiras finas. Temperado com gengibre picado e alho, cebolinha, molho de soja e vinho de arroz para cozinhar, geralmente e servido com as panquecas mandarim e um molho adocicado. A cozinha do norte da China, de onde este prato e originário, na qual utiliza a Cebola, alho e cebolinho, além de massas e grãos como o trigo, o milho e a soja. Pelo que pode constatar esta receita varia de cozinheiro para cozinheiro, até os chineses variam os ingredientes, a única coisa que é sertã e que convém ser feito numa panela Work (panela funda oval, parecido com uma Cataplana ) devido do seu formato cozinha os alimentos por igual. Sendo assim não compliquei muito as coisas, resolvi fazer a minha maneira, com ingredientes que posso comprar e assim nasceu o “Porco moo-shu à Zezão”.


Ingredientes

500 gramas de costeletas de porco desossadas e cortadas em tiras bem finas
200 gramas de couve repolho
100 gramas de pimentão vermelho 
150 gramas de cogumelos laminados ( de preferência frescos)
50 gramas de amendoim ( sem casca )
400 gramas de rebentos de soja
300 gramas de rebentos de bambu
2 colheres (das de sopa ) de gengibre ralado
3 colheres (das de sopa ) de molho de soja
1 colher (das de sopa ) de maisena
1 colher (das de sopa ) de Xéres ( vinho fino )
1 colher (das de sopa ) de molho agridoce
1 cebolinho
3 dentes de alhos picados
3 ovos
Sal
Óleo de soja
Tabasco

Preparação
Salpique a carne de porco com o Xéres e envolva a farinha maisena, misture ligeiramente, reserve. Entretanto corte a couve e o pimentão em tirinhas bem finas e o cebolinho diagonalmente em fatias de 0,5 cm, reserve. Aqueça 3 colheres ( das de sopa ) de óleo e junte os ovos.Quando os ovos tiverem absorvido o óleo, mexa-os ligeiramente, retire os ovos e reserve-os. Numa panela Work em lume medio ponha 3 colheres ( das de sopa ) de óleo e frite a carne mexendo rapidamente, acrescente o gengibre, os alhos e o cebolinho, mexendo sempre durante 3 a 5 minutos. Quando a carne estiver cozida acrescente a couve, o pimentão, os amendoins, os cogumelos, os rebentos de soja e os rebentos de bambu, mexendo sempre durante mais 15 minutos. Tempere com o molho de soja, molho agri-doce, sal e tabasco a gosto, mexendo sempre mais 3 minutos. Apague o lume e volte os ovos á panela e misture muito bem, embrulhe este preparado nas panquecas (receita de 23/10/2010 ) e sirva. Já que estamos numa de chinês resolvi acompanhar com espaguetes de arroz.


Bom Apetite