Traductor

sábado, 28 de setembro de 2013

Restaurante La Seu

Esta publicação não serve de uma referencia gastronômica, simplesmente fui ai comi e gostei. De vez em quando gosto de ir por ai com a família a comer fora de casa, portanto esta é a minha opinião.

As vezes é um pouco complicado publicar um restaurante que gosto para servir de referencia, até porque temos que voltar ai para verificar. Ainda mais indo ai num banquete na qual estará tudo perfeito.



Tudo isto aconteceu na região dos Pireneus catalã, mais propiamente em Castellciutat, uma entidade populacional (vila) de Seu de Urgel, na comarca do Alt Urgell.

Esta vila habitualmente chamada de Ciutat (Cidade) com cerca de 450 habitantes esta situado em cima de uma serra paralela ao rio Valira, num dos lados encontramos os restos do antigo castelo, o “Castell de Ciutat” e no outro lado uma zona conhecida como ” la Ciutadella”. A cinco minutos do centro da cidade de La Seu, pela estrada principal justo a entrada da vil esta o hotel restaurante La Seu, local acolhedor de bom trato e segundo me pareceu de gerencia familiar. Restaurante com uma cozinha tradicional da zona em pratos de carne, não desfazendo dos outros pratos, com um excelente serviço a carta e uma boa garrafeira com os mais prestigiados vinhos da região. Amplas salas de jantar Ideal para celebrar banquetes ou convívios familiares.





                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   
Um lugar que vale a pena visitar, gostei..........

Bom Apetite

domingo, 22 de setembro de 2013

Nispos de porco com feijão e esmagada de couve

Ontem dei a receita do acompanhamento e hoje deixo a receita de um prato que pode servir com as couves esmagadas, uma boa receita que aprendi, sé não me falha a memória em 2004. Aromatizada com sumo de laranja, na qual deixara um sabor requintado e diferente a este prato.

Ingredientes
500 gramas de feijão branco cozido

2 nispos de porco sem courato
2 cenouras raladas
1 laranja
1 cebola media picada
2 dentes de alho picados
1 folha de louro
2 cubos de carne
1 ramo composto por salsa e tomilho
Azeite quanto baste
Sal
Pimenta a gosto

Preparação
Comece por preparar um caldo com os 2 cubos de carne e 1 litro de água a ferver, reserve.

Num tacho largo com o fundo coberto de azeite em lume médio aloure os nispos de todos os lados, retire-os e reserve. No mesmo tacho deite a cebola, os alhos e a cenoura, quando a cebola estiver translucida acrescente a metade da casca da laranja, mexa e coloque os nispos de novo no tacho, tempere de sal e pimenta a gosto e acrescente o caldo preparado. Junte o ramo das ervas e a folha de louro, tape e deixe cozinhar em lume brando, vire a os nispos de vez em quando. Quando os nispos estiverem cozidos, adiciona-lhes o sumo da laranja e o feijão cozido e escorrido. Retifique os temperos e deixe apurar mais 5 minutos. Retire do lume e escorra os feijões retirando o ramo de ervas e a folha de louro, sirva enfeitado com rodelas de laranja sobre os feijões e acompanhado com as couves esmagadas (veja aqui ).

Nota; querendo não precisa acrescentar a morcela na esmagada de couve

Bom Apetite

sábado, 21 de setembro de 2013

Esmagada de couve com morcela de Arganil

Muitas vezes temos vontade de mudar um pouco os acompanhamentos dos pratos, só que não sabemos pelo que vamos mudar e acabamos seguindo o acompanhamento tradicional. Hoje voz deixo aqui um acompanhamento que normalmente acompanha com bacalhau, mas também pode acompanhar com um prato de carne. Alem disso trata-se de um acompanhamento muito simples que até pode servir de uma refeição ligeira ou até de uma entrada, ideal para desintoxicar dos excessos do verão. Assim temos a nossa Esmagada de couves com batatas possivelmente natural da região do Douro, na qual resolvi incrementar com uma morcela de Arganil.

Ingredientes
1 kg de couves portuguesas ( couve de folha grande)
3 ou 4 batatas grandes
1 morcela de Arganil (morcela de sangue)
1 cebola
4 dentes de alhos
3 colheres ( das de sopa)de vinagre de vinho branco
Azeite quanto baste
Sal quanto baste
Pimenta a gosto

Preparação
Depois das batatas bem lavadas, corte-as ao meio e coloque-as a cozer com a pele num tacho bem grande com bastante água. Lave as folhas de couves e rasgue-as com a mão retirando os talos mais grossos. Enrole as folhas de couves em molhinhos (tipo charutos) e bata-lhes com um rolo de massa até estarem bem esmagadas. Quando a água das batatas ferver, tempere com sal e introduza a couve esmagada, deixe cozer destapado durante uns 30 minutos.
Escorra  a água reservando um pouco e separe as batatas das couves. Depois das batatas frias retire-lhe as peles rejeitado-a e esmague ligeiramente, reserve. Leve ao lume  um pouco de azeite com os alhos esmagados e a cebola picada, deixe estrugir um pouco e acrescente a morcela as rodelas, mexa ligeiramente para não desfazer muito a morcela e junte as couves e as batatas esmagadas, misture bem e adicione um pouco do caldo reservado e deixe cozer uns 5 minutos. Borrife com vinagre e tempere com pimenta a gosto. Sirva simples ou como um acompanhamento.


Bom Apetite

domingo, 8 de setembro de 2013

Guisado de lulinhas em vinho do porto

Quem disse que certos pitéus tem que levar hora e horas na cozinha, até porque hoje em dia já não é como antigamente que as nossas avós passavam a maior parte do tempo nas lidas de casa especialmente na cozinha. Hoje em dia quando chegamos a casa queremos fazer uma refeição rápida e deixamos de lado certas coisas que são bem simples de fazer como um bom guisado, alem disso nos faz lembrar tempos de criança em que a maioria das refeições eram baseadas neste tipo de comer.

Ingredientes
1 kg de lula pequenas
1 kg de batatas
1 cebola media
2 dentes de alho
2 tomates bem maduros
2 cenouras medias
100 gramas de ervilhas
1 copo de vinho do porto tinto
Picante (tabasco) a gosto
sal 
azeite

preparação
Num tacho bem largo com azeite ponha a cebola picada e os alhos picados, quando a cebola começar a ficar translúcida acrescente os tomates picados e as lulas ( depois de bem limpas e passadas por varias águas ), tempere de sal e tabasco, mexa e deixe levantar fervura, acrescente o vinho deixe ferver durante uns 5 minutos, a seguir ponha as batatas aos pedaços, as cenouras as rodelas e as ervilhas, cubra com água e deixe cozinhar em lume baixo durante uns 30 minutos com o tacho tapado.


Bom Apetite

sábado, 7 de setembro de 2013

Pasta de frango gratinada

Esta é daquelas receitas na qual usamos os peitos de frango ( que para muitos é demasiado seco) na qual eles ficam suculentos, assim como podemos usar (Tortiglioni, rigatoni, fussili, etc. são as mais indicadas por reter melhor os molhos) uma infinidade de massa a gosto de cada um. Também podemos variar o tipo de carnes a usar (chambão de vaca por-exemplo), enfim uma receita muito versátil que pode ser mudada ao gosto de cada um.

Ingredientes
500 gramas de peitos de frango (entre 3 a 4 peitos)
250 gramas de tortiglioni (ou outro tipo de massa)
100 gramas de ervilhas
50 gramas de azeitonas pretas laminadas
1 cebola media
2 dentes de alhos
2 folhas de louro
1 colher (das de sopa) de salsa picada
500 ml de bechamel (veja aqui )
Queijo ralado quanto baste
Azeite quanto baste
Sal quanto baste
Pimenta negra em grão quanto baste

Preparação
Arranje os peitos de frango rejeitando-lhe as peles, leve-os a cozer numa panela com água temperada de sal, grãos de pimenta e as folhas de louro e deixe ferver uns 20 minutos. Desligue e retire os peitos, deixe amornar e desfie-os, reserve.
Leve a cozer a massa e as ervilhas em água temperada com sal, escorra e passe por água fria, deixe escorrer bem, reserve. Leve uma frigideira ao lume com azeite, deixe aquecer e junte a cebola e os alhos picados, deixe refogar mexendo sempre até que fique tudo douradinho. Deite para uma tigela e adicione a massa com as ervilhas, os peitos desfiados e as azeitonas lavadas, retifique os temperos, regue com o bechamel e envolva tudo.
Deite a mistura para um tabuleiro de louça, polvilhe com queijo ralado e leve ao forno pré-aquecido a 200º até ficar douradinho. Retire e sirva de imediato decorado com a salsa picada.


Bom Apetite