Traductor

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Perna de Cabrito no forno "reedição"

Hoje voz trago uma reedição de uma receita que esta ligado a costumes e tradições em Portugal, sobretudo na Páscoa, marcando o fim do longo período de jejuns e abstinências da Quaresma, não é de surpreender que tantos dos costumes tradicionais desta época se prendam com o comer e o beber. Na festa Pascal, em Portugal, temos um grande receituário de pitéus e este é apenas um deles, a perna de cabrito assada no forno. O cabrito sendo de boa qualidade deve ter a carne bem vermelha e gordura muito fina e branca, já diz o ditado dos mais velhos que o cabrito nunca deve ser cozinhado no mesmo dia que se mata, porque dará origem a carne ficar muito dura. Assim como extrair-se uma glândula a que os mais velhos chamam de bedum, fica junto ao osso, um pouco abaixo de meio da perna, faz-se uma incisão com uma faca e retira-se o bedum com os dedos, essa glândula dá um mau sabor a carne. Nisto de coisas dos mais velhos eu cofio plenamente, querendo nesse sitio pode-se por um ramo de cheiros.

Ingredientes
2 pernas de cabrito
4 fatias de bacon ligeiramente grossas
3 cebolas medias
6 dentes de alho
2 colher (das de sopa) de pimentão doce

2 colher (das de sopa) de azeite
1 colher (das de chá) de pimenta branca
1 colher (das de café) de pimenta negra
2 copos de vinho branco
1 ramo de salsa
3 folhas de louro
Batatas quanto baste
Sal grosso quanto baste
1 chávena (das de café expresso) azeite

1 ramo de tomilho



Preparação
Esmague, num almofariz, os alhos e misture com o azeite, o sal, o pimentão e as pimentas até fazer uma papa. Com esta papa esfregue toda a perna de cabrito, que pode estar inteira ou com uns cortes mantendo o aspecto inteiro.
Coloque a perna barrada numa travessa refretaria e por cima disponha a cebola cortada em meias luas grosseiramente, a salsa e o louro. Tape com película aderente e guarde no frigorífico até ao dia seguinte. Uma hora antes de assar rega se com o vinho branco misturado com um pouco de água, põe-se o pingue sobre a carne e as tiras de bacon, leva-se ao forno a 200º a assar com todos os temperos + ou – 2 horas. Entretanto descasque e corte as batatas em gomos e tempere-as com sal e tomilho, numa sertã com azeite refogue as um pouco, feito isso coloque-as à volta da perna e leve ao forno mais 30 minutos para tomarem gosto e acabar de assar. Sirva com arroz branco e enfeite com rodelas de laranja.


Bom Apetite

6 comentários:

  1. Confesso que não é das carnes que mais aprecio, mas que têm muito bom aspecto, lá isso tem!
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Adoro cozinhar e está apetecível, acredito que deva ser uma delícia.-

    ResponderEliminar
  3. 2 horas? Não é muito? Desculpe a ignorância mas vou fazer no próximo fim de semana e precisava mesmo de não queimar tudo :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que ainda vai a tempo, como digo; + ou - 2 horas. O tabuleiro entra em frio (sem pre-aquecimento, com pre-aquecimento pode diminuir para 1 hora e 40 minutos),ter em conta que pode variar de forno para forno. As 2 horas serve de orientação........Bom apetite

      Eliminar