Traductor

sábado, 5 de setembro de 2015

Talharins à Marinheiro

No fim de semana passado não ouve publicação (como todos sabem isto para mim é um passatempo e não um modo de vida) e tudo por uma boa causa. Fui de fim de semana até a praia, mais precisamente em Lloret de Mar. E porque esta praia?


Pois ai estava o meu mano mais novo com a família de férias e já faz mais 3 anos que não estávamos juntos, assim há que unir o útil ao agradável. Lloret de Mar considerada a capital da Costa Brava com uma vasta gastronomia e tradições, rica em costumes locais, sem falar de um bom leque de cozinheiros e restaurantes que fizeram de Lloret de Mar um centro gastronômico de 1ª ordem com cozinhas inovadoras, tradicionais, multiculturais e internacionais. A origem da cozinhas Catalã remota desde da época romana e conta com muitas influencias mediterrânicas, provençais, árabes e judaica. Graças a sua história com tradições e um clima privilegiado, da sua excelente situação geográfica a cozinha catalã é considerada como uma das mais saudáveis do mundo, conhecida mundialmente como “La dieta mediterrânea”.

No princípio pensei em ir a um restaurante ou mais, comer para depois fazer um a publicação na lacuna “Comer fora de casa”, tarefa difícil de vido a grande oferta de qualidade. Por isso e sabendo da forte ligação de Lloret de Mar com produtos marítimos (mariscos, peixes, etc.) resolvi fazer um prato que faz recordar este lugar. Durante a minha visita constatei em vários restaurantes a oferta de
Fideuá de Marisco , sendo assim resolvi elaborar um prato com estas características.

Ingredientes
400 gramas de gambás frescas
500 gramas de mexilhões frescos
500 gramas de tamboril fresco (rabo)
500 gramas de amêijoas frescas
300 gramas de lombos de lagosta prensado ( delicias do mar)
400 gramas de talharins ou espaguetes
1 limão
1 pimento verde em cubinhos
1 cebola bem picada
4 dentes de alho esmagados sem casca
2 tomates bem maduros
1 copo de polpa de tomate
1 copo de vinho branco
1 cubo de marisco (knorr)
1 folha de louro
1 ramo pequeno de salsa
1 colher (das de sopa) de Manjericão fresco
Sal e pimenta a gosto
Azeite quanto baste

Preparação

Retire as cabeças das gambás, descasque-as e deixe o rabo. Raspe as conchas e retire as barbas dos mexilhões, deixe os mexilhões em um só lado das conchas. deixe as amêijoas em um pouco de água com sal para que largue a areia. Tempere o tamboril com sal e sumo do limão e deixe repousar.
Num tacho largo com o fundo coberto de azeite em lume médio, coloque o pimento, a cebola e os alhos, deixe refogar um pouco até a cebola ficar mole e adiciona-lhe os tomates maduros em pedaços e a polpa de tomate. Quando retornar fervura, regue com o vinho branco e junte o cubo de caldo de marisco, a folha de louro e o ramo de salsa, deixe apurar durante 30 minutos em lume bem baixo. Levante para lume médio e introduza o tamboril em pequenas postas e logo que levantar fervura coloque as gambas e retifique o sal e tempere de pimenta moída Ana altura. Deixe cozer cerca de 8 a 10 minutos e introduza os mexilhões e as amêijoas, tape e deixe-as abrir. Junte os lombos de lagosta cortados e apague o lume, retifique temperos e deixe repousar uns minutos com o tacho tapado. Sirva sobre talharins escorridos, cozidos em abundante água temperada com sal. Salpique com manjericão picado.


Bom Apetite

Sem comentários:

Enviar um comentário