Traductor

domingo, 16 de outubro de 2016

Codorniz à Gafanhão

Há quem diga que para comer uma boa codorniz tem que ir as Caldas da Rainha, mais propriamente na freguesia do Landal, por ai a produção e abundante e até tem um festival gastronômico anual na qual a codorniz é rainha. Já os brasileiros dizem que os seus ovos são afrodisíaco, lembram-se da canção “Eu quero um ovo de codorna pá comer, pois o meu problema tem que resolver”. Com origem no Japão/China a codorniz está espalhada por todo o mundo existindo muitas em estado selvagem, sendo sua maioria de criação devido a sua alta produtividade. Com uma carne muito tenra e macia pode ser confeccionada de varias maneiras, variando conforme o pais.
Voltando a minha juventude, lembro que naquela altura, para mim a melhor codorniz era feita no Café Central da Gafanha do Carmo, (assim como em muitos cafés das Gafanhas) de preparação simples em vinhos-de-alhos e fritas numa mistura de azeite e banha. Era um petisco de chupar os dedos, coisa hoje em dia que fica só na memória dos mais velhos.

Ingredientes
4 codornizes
4 dentes de alhos
1 malagueta picante
2 folhas de louro
1 colher (das de café) de colorau
1 colher (das de café) de pimenta branca
1 colher (das de chá) de coentros secos
1 colher (das de sopa) de banha de porco
2 copos de vinho branco
Sal grosso qua
Azeite quanto baste

Preparação
Depois das codornizes bem limpas de algumas peles a volta do pescoço, lavam-se bem em agua fria corrente, coloca-se em um recipiente salpicadas com o sal grosso. Logo acrescenta-se os alhos laminados, a pimenta, o colorau, os coentros, as folhas de louro e a malagueta inteira. Adiciona-se o vinho e mexa tudo, deixe marinar num mínimo de 2 horas (sé for de um dia para o outro melhor) para ficarem bem temperadas. Leve ao lume médio uma frigideira com o fundo bem coberto de azeite e a banha de porco e frite as codornizes escorridas dos temperos, no fim no mesmo azeite coloque os ingredientes da marinada juntamente com um pouco de vinho, tempere com um pouco mais de sal sé necessário e deixe levantar fervura para apurar bem, verta por cima das codornizes. Sé quiser dar um toque picante parta a malagueta ao meio na hora de preparar o molho. Pode servi-las com um acompanhamento tipo batatas fritas o arroz branco, mas eu prefiro simples com papa-seco (pão) para molhar no molho como antigamente.

Bom Apetite




2 comentários:

  1. Eu nunca comi codornizes sem ser em churrasco e preparado de forma caseira, mas adoro! Essa parece ter ficado muito saborosa :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aqui esta uma boa altura de experimentar.....

      Eliminar