Traductor

domingo, 30 de abril de 2017

Papas de abóbora doces da Ti Bernada

Nesta Páscoa fiz um doce que em certas regiões de Portugal é mais típico no Natal, em outras pelos fiéis (defuntos), assim como em tempos remotos eram servidas com sardinhas salgadas ou rojões, em receitas brasileiras soma-se juntar-lhe coco ralado. Sendo doces ou salgadas o certo e que as papas de abóbora são mais feitas no inverno quando abondam as abóboras. Encontrar uma boa receita e difícil, pois é o tipo de receita que qualquer boa cozinheira do passado sabia fazer de cor e salteado, receita que fica na memória e vai passando de boca em boca. Com ingredientes simples, podendo usar qualquer tipo de abobora na qual só difere o sabor, aqui fica a receita da minha mãe, na qual aprendi só de vela fazer várias vezes.

Ingredientes
1 kg de abóbora limpa e descascada (menina de preferência)
1 pau de canela
1 colher (das de café) de sal
Farinha branca de milho quanto baste
Canela em pó quanto baste (para polvilhar)

Açúcar a gosto




Preparação
Num tacho coloque a abóbora em pedaços com o pau de canela e o sal, cubra a abóbora com água e leve a cozer (entre 35 a 45 minutos) em lume médio/baixo. Apague o lume e retire o pau de canela, com ajuda de uma varinha mágica (minha mãe fazia com uma colher de pau até ficarem macias) triture a abobora até ficar bem triturada. Volta ao lume baixo e junta-lhe o açúcar mexendo sempre até o dissolver e vai juntando-lhe farinha aos poucos espalhando por cima e mexendo sempre até ficar bem homogêneo. Verta as papas numa taça grande ou em varias taças pequenas, deixe esfriar um pouco e polvilhe com a canela em pó.

Nota:
A quantidade de farinha pode depender da quantidade de água que utilize, assim como o açúcar fica o vosso gosto ( eu utilizei uma chávena de açúcar), mais o menos doce.



Bom Apetite

Sem comentários:

Enviar um comentário