Traductor

sábado, 24 de abril de 2010

Esparguetes à carbonara


Esta receita faz parte das receitas tradicionais Italianas, com certeza e dos pratos com mais prestigio na America, pois quando as tropas norte-americanas voltaram para casa no fim da segunda guerra mundial levaram a receita para os EUA. O seu nome tem a ver com a palavra carbone que em italiano e carvão, possivelmente poderá ser um prato tipico dos trabalhadores das minas de carvão, ou feita em cima de grelhadores de carvão, outros dizem que nasceu na Carbonária uma mafia secreta italiana. A quem diga também que terá sido um cozinheiro da Carbonia, que foi para Roma e ai inventou o prato na qual pus o nome da sua terra natal. Uma coisa e certa o prato só ficou popular depois da segunda guerra, e a sua primeira receita foi publicada em 1839 por um escritor napolitano Ipólito Cavalcanti num livro de culimaria. Na receita original não entra natas e cebolinha ( só ovos, toucinho, parmesão, pimenta e manteiga ), terá sido possivelmente os americanos que introduziram estes ingredientes. Pode ser usado em qualquer tipo de massa, macarrão, talharins ou espaguetes.

Ingredientes

300 gramas de espaguetes ( 4 pessoas )
100 gramas de parmesão ralado
50 gramas de manteiga
250 ml de natas
8 fatias de toucinho fumado
3 ovos
1 cebolinha fresca
sal
salsa
pimenta

Preparacão
Numa pela em lume brando derreta a manteiga e frite o toucinho cortado as tirinhas sem o coiro, acrescente a cebolinha bem picadinha e aloire até ficar translucida. A parte bata os ovos com as natas e o queijo e misture tudo, ponha uma pitada de pimenta ( de preferencia moída na hora ), tempere de sal e mexa ( cuidado com o sal do toucinho ), salpique com salsa picada e verta por cima dos espaguetes.

Bom Apetite

Lasanha de batata


Quando se tem alguém em casa que não gosta de massas ( caso da minha querida esposa ), a que usar a imaginação e assim criei esta lasanha. É muito simples basta substituir as placas de massas por rodelas de batatas ( 3 ou 4 milimétricos ) ligeiramente cozidas em água temperada de sal, seguir o processo normal de montar a lasanha com o molho bolonhês, que esta na receita a seguir. Portanto e muito fácil, experimente fazer verão que também é bom.

Bom Apetite

Lasanha à minha Moda

Não se sabe bem a origem deste prato, pensa-se que terá nascido na grecia, apesar de se dizer que e um prato tipico italiano, Fala-se também que foi muitas vezes servido na corte do rei Ricardo II de Inglaterra ( loseyns ) no séc. XIV. Cá em casa quando faço e dos pratos preferidos todos gostam ( menos a Lurdes que não gosta de massas ). A muitas maneiras de fazer, de camarão, de espinafres, à bolonhesa, em fim depende do gosto de cada um, podem usar massa fresca ( que fica melhor ), pre-cozida ou crua. Esta é a minha receita , aqui uso massa pre-cozida, que também da um Bom resultado. Então vamos la mãos a massa.

Ingredientes
Um pacote de massa pre-cozida para lasanha (250 gramas 4 pessoas )
400 gramas de carne de vaca picada ( querendo pode ser de porco )
150 gramas de fiambre
400 gramas de queijo mussarela
200 ml de massa de tomate
50 gramas de queijo parmesão
50 gramas de manteiga
1 copo de vinho branco
1 cebola
2 dentes de alho
1 folha de louro
Meio pimentão vermelho
salsa
sal
azeite
tabasco
oréganos para polvilhar

Preparação
Comece por fazer um molho bolonhês, numa pela ponha uma golada de azeite com a cebola, os alhos,o pimentão, o louro ( sem fio ) e a salsa bem picadinhos, aloirar um pouco e temperar com sal e tabasco, acrescentar o vinho e deixar ferver uns 3 minutos, acrescentar a carne mexendo sempre até cozer, quando estiver cozido acrescentar a massa de tomate ( se estiver muito expeço acrescente um pouco de água ), levantar fervura, retificar temperos e apague o lume e deixe repousar. Com a manteiga barre um tabuleiro quadrado e ponha uma camada de massas, por cima uma camada de molho ( ligeiramente escorrido ), uma de mussarela, outra de fiambre, siga fazendo camadas até acabar os ingredientes, por cima polvilhe com o parmesão e oréganos, cubra com papel alumínio  vai ao lume pre-aquecido 200 graus durante 40 minutos aproximadamente. Retire o papel para gratinar uns 5 minutos, sirva ainda quente.

Bom Apetite

sábado, 17 de abril de 2010

Ovos mexidos


Esta semana vou falar de algumas receitas que tanto pode ser servida simples ou servir de acompanhamento para outros pratos. Começamos com os ovos mexidos que vão muito bem ao pequeno almoço, também servem de acompanhamento com uma salada, ou até de lanche ao meio da tarde. Como preferirem, vamos então la para cozinha.

Ingredientes

ovos

bacon

queijo ralado

cebola

manteiga

salsa

sal

Preparação

Numa pela ponha a manteiga a derreter de seguida o bacon as tiras, alourar um pouco e acrescente a cebola bem picada, remexa tudo e acrescente 2 ovos batidos juntamente com salsa picada, retifique o sal e vá mexendo sempre sem parar até fritar os ovos. ( sempre em lume brando ) Por fim acrescente o queijo mexa e vire tudo para um prato.

Bom Apetite

Trinxat


O Trinxat ( Triturado ) e um prato tradicional da Cerdanya e muito popular em toda Catalunya, muito rico e saboroso pode ser usado para acompanhar vários pratos de carnes. Por aqui servem com entremeada frita, ( como faziam os mais antigos )e um prato que se faz mais na altura do inverno, pois segundo os mais velhos tem que se usar couves tocadas pelo frio das montanhas dos Pirineus. Dizem que ai esta o verdadeiro segredo para um bom trinxat. Mas mesmo que não vivam por aqui podem fazer com couves de fora desta região e verão que vale a pena pois e bom. Aqui esta uma receita para 4 pessoas.

Ingredientes

Uma couve em bola ( 1 kg + ou - )

500 gramas de batatas

100 gramas de entremeada fumada

8 tiras de entremeada fresca ( barriga )

alhos

sal

azeite

Preparação

Separar as folhas da couve e aproveitar tanto as brancas como as verdes, depois de bem lavadas, cortar em tiras grossas e por a cozer com as batatas descascadas e cortadas aos cubos grossos em água temperada com sal durante 30 minutos aproximadamente. Retirar do lume e por a escorrer, de seguida com uma colher amace tudo e reserve. Numa pela ponha azeite e frite as barrigas temperadas já com sal, ( querendo pode por as barrigas num tabuleiro e ir ao forno com o grill ligado, virando para grelhar dos dois lados, vera que fica melhor que fritas ) findo isso ponha mais um pouco de azeite e aloure 2 dentes de alhos as tiras juntamente com a entremeada fumada as tiras, quando estiver meio dourado acrescente as couves com as batatas cozidas misture tudo, vá remexendo durante alguns minutos até tostar um pouco. Sirva bem quente em prato com as tiras por cima.

Bom Apetite

Grelos salteados


Podem ser um bom acompanhamento para qualquer assado no forno, ou simplesmente se preferir.

Ingredientes


Grelos de couve

alhos

azeite

sal

Preparação

Num tacho escalde os grelos em égua temperada com sal durante alguns minutos, retire e escorra bem. A parte numa pela ponha uma golpada de azeite e alhos esmagados com a casca, aloirar um pouco e por os grelos, refogar alguns minutos e já esta pronto.

Bom Apetite

Batatas Wedges


Lembram-se na semana passada (10/4), na receita do Frango com mostarda na qual disse que se podia servir com batatas wedges, pois alguns seguidores (não registados) perguntaram como se faz, ou sé já compra-se feitas. Podes comprar feitas ou fazer (como as batatas pre-fritas), claro que se fizeres serão melhores. Também são conhecidas por batatas bravas, bem aqui vai a receita.


Ingredientes
batatas medias que baste ( de preferencia novas )

oléo de palma q.b. ( azeite-de-dendê )

farinha de trigo q.b.

alho em pó q.b.

cebola em pó q.b.
sal

Preparação
Lavar bem as batatas com a pele e cortar em gomos, escaldar em água a ferver temperada de sal ( 2 a 3 minutos, não deixar cozer ), escorrer e deixar secar um pouco. Entretanto ponha numa bacia pequena as batatas ( pouco de cada vez ) salpique com farinha e remexa, em seguida salpique com o óleo e remexa, por fim o pó de alho misturado com o pó de cebolas, agora e só por a fritar.

Bom Apetite

sábado, 10 de abril de 2010

Lombo no forno com Molho mostarda


Bem meus amigos este fim de semana vou contentar os amantes da mostarda, e um condimento que depois de se provar uma ou duas vezes, muito dificilmente não vai gostar. Ainda me lembro quando fazia tainadas ( Portugal ) e acrescentava um molho a base de mostarda, era o delírio da malta, quem não gostava passava a gostar e quem gostava, gostava ainda mais. Para aprender a gostar de mostarda não se pode ir logo a mostarda pura (escura tipo de dijon ), deve-se começar com uma mostarda amarela, mais suave. Todas as receitas deste fim de semana são de mostarda amarela, bem vamos la começar.

Ingredientes

1 lombo de porco (1.5 kg + ou - )

4 dentes de alho

2 folhas de louro

1 cebola

250 ml de natas

1/2 copo de leite

2 colheres (de sopa) de margarina

4 colheres (de sopa) de mostarda

azeite que baste

sal (grosso)

Preparação do molho

Numa pela derreta a margarina e misture com o leite,a mostarda e as natas, reserve.

Preparação do lombo

Com os alhos bem picadinhos e louro partido, misture com um pouco de azeite e sal grosso, fazendo assim uma pasta que se barra o lombo todo, deixando algumas horas para apanhar sabor. Quando for para por no forno disponha num tabuleiro a cebola cortada as rodelas com um fio de azeite por cima, sobre as cebolas coloca-se o lombo vai ao forno assar 180/200 graus durante uma hora e meia aproximadamente, 20 minutos antes de assar retire do forno 10 minutos para constipar ( truque para tornar a carne mais saborosa e tenra ). Quando estiver assado retire do forno e corte as rodelas, disponha num pirex e regue com o molho e vai ao forno a 120 graus durante 10 minutos para aquecer e o lombo ganhar gosto do mesmo.

Bom Apetite

Bocadilho de frakfurt


"Sandes de salsichas" Em português. Bem como hoje estou numa de mostarda esta e das sandes que mais se pode usar mostarda. Na foto não pus mostarda, para que meus caros amigos façam a sandes e ponham mostarda, eu prefiro assim com folhas de alface, cebolas as rodelas e as salsichas frescas grelhadas ( claro que antes de comer pus mostarda ). Ingredientes e preparação olhem para foto, só um conselho usem pão de baguete tipo francês.

Bom Apetite

Bacalhau no forno com mostarda


É bem verdade que existe 1000 maneiras de preparar o bacalhau e esta é só mais uma, uma maneira bem diferente para os apreciadores de mostarda, mas mesmo que não apreciem experimente vai ver que é uma delicia e só depois de provar é que pode dizer que não gosta.

Ingredientes

4 postas de bacalhau ja demolhadas
2 cebolas
3 dentes de alho
1 folha de louro
2 colheres (de sopa) de margarina
2 colheres (de sopa) de farinha
3 colheres (de sopa) de mostarda
250 ml de natas
250 ml de leite
1 ovo cozido
queijo ralado que baste
batata frita que baste ( em palitos )
azeite
sal
salsa

Preparação

Coza o bacalhau e reserve a água da cozedura. com as cebolas e os alhos picados, o azeite, o louro e a salsa prepare um refogado, junte o bacalhau dividido em lascas e refogue mais um pouco, reserve. À parte faça o seguinte molho, derreta a margarina e junte a farinha, refogue 2 minutos e regue com o leite e com 2 chávenas ( de chá ) de água de cozer o bacalhau. Cozinhe em lume brando durante 10 minutos, tempere de sal e junte as natas, a mostarda e clara do ovo cortada as tirinhas, reserve.
Num pirex ou travessa funda de ir ao forno, espalhe no fundo batatas fritas, cubra com o bacalhau refogado e metade do molho. Disponha por cima mais batatas fritas e o resto do molho, polvilhe com o queijo e a gema do ovo ralada, leve ao forno a gratinar.

Bom Apetite

Frango no forno com mostarda


Aqui esta uma forma diferente de fazer frango, para fugir ao tradicional frango no forno com os temperos tradicionais. Também é uma receita muito fácil de fazer e muito saborosa, para aqueles dia que não sabes o que fazer para o comer, pode-se servir com arroz, batatas fritas ou batatas Wedges. Pode também fazer uma boa salada mista.

Ingredientes

1 frango (1.5 kg + ou-)

1 cebola

1 dente de alho

150 gramas de mostarda

2 tiras de toucinho fumado
1 copo de vinho branco

sal

Preparação

Depois do frango limpo de todas as gorduras (pescoço e parte traseira) e de todas as penugens, dobre as asas para as costas do frango. Faça um corte ao comprimento dos dois peitos e introduza ai o toucinho, coloque num tabuleiro de ir ao forno e regue com vinho branco e esfregue o frango com um pouco de sal ( de preferencia grosso ), reserve. Entretanto numa picadora triture a cebola e o alho, misture com a mostarda formando uma pasta que coloca-se dentro do corpo do frango, vai assar durante 1 hora aproximadamente entre 180/200 graus. Vinte minutos antes de findar o tempo retire o frango do forno 15 minutos para constipar ( truque para apurar os sabores e tornar a carne mais tenra ) e regue com o próprio molho ( se Cesarone acrescente mais vinho branco ), Volta ao forno , quando estiver pranto retire o frango do forno e antes de por na travessa de servir retire a pasta da mostarda de dentro e misture com o molho do tabuleiro, coe e ponha numa molheira.

Bom Apetite

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Pudim de Pão


Aqui esta uma boa alternativa para aquele pão que sobra sempre, alem de dar uma boa sobremesa. Experimente vai ver que não custa nada fazer, e é bem fácil. Aprendi a fazer com a minha querida esposa a Lurditas.

Ingredientes

6 ovos

10 colheres ( das de sopa ) de açucar

Restos de pão q. baste

Leite q. baste

Caramelo liquido q. baste

Preparação

Demo-lhe o pão em leite até fazer umas papas, a parte bata bem os ovos e junte as papas de pão, de seguida misture com o açúcar e um pouco de caramelo, mexa tudo e ponha em uma forma caramelizada, vai ao forno brando durante uma hora aproximadamente. Deixe ficar no forno até esfriar. Desenfornar quando estiver frio. ( como todos os pudins ).

Bom Apetite

Pão-de-ló


Bolo muito esponjoso ( fofo ), que por muita gente não e considerado um doce.Em tempos mais remotos servia para acompanhar o chá. Em Portugal em algumas regiões se tornou uma referência, como os de Alfeizerão,Margaride,Ovar e Arouca. Em Ovar no século XVIII, servia de oferta na altura da Páscoa, tradição que ainda hoje se nota. Em Arouca são feitos em formas retangulares e mergulhados em uma calda de açucará para que fiquem úmidos. Esta receita que apresento e tradicional de Ovar. É uma delicia e de sucesso garantido.

Ingredientes

13 gemas

1 clara e meia

200 gramas de açucar

60 gramas de farinha de trigo ( da melhor qualidade )

1 pitada de sal

Preparação

Numa tigela de louça ( de preferencia ), batem-se as gemas e as claras, juntamente com o açúcar e o sal durante 1/ 2 hora aproximadamente, sempre para o mesmo lado. Passado esse tempo deve ficar com o dobro do volume e quase branca, mistura-se então a farinha peneirada, pouco a pouco e mexendo muito devagar sem bater. Despeja-se numa forma lisa forrada com papel branco e grosso ( papel almaço ), vai ao forno muito brando, cobrindo com papel por cima para não queimar. Leva mais ou menos meia hora a cozer.

Bom Apetite

Natas do Céu


É assim hoje estou numa de doces, aqui vai agora uma sobremesa muito popular la pelas gafanhas. Em qualquer festa que apareça desaparece mais rápido do que faze-las.

Ingredientes

300 ml de natas frescas

6 ovos
12 colheres ( das de sopa ) de açúcar
6 colheres ( das de sopa ) de água
bolachas Maria q.baste

Preparação

Comece por preparar um doce de ovos, misture muito bem 6 gemas com 6 colheres de açúcar e acrescente as 6 colheres de água e vai ao lume baixo mexendo sempre até engrossar, quando estiver grosso retira-se imediatamente do lume mexendo sempre para não ganhar grumos, deixa-se arrefecer. De seguida batem-se as 6 claras em castelo, a parte batem-se as natas até ficarem duras com as 6 restantes colheres de açúcar, mistura-se com as claras muito lentamente até obter uma mistura homogênea. Em taças pequenas ponha uma camada de bolachas trituradas, outra da mistura, outra de bolachas outra de mistura e por cima o doce de ovos já arrefecido. Se quiser pode fazer numa só taça grande.

Bom Apetite

Bilharacos


Eu sei que são mais tradicionais na altura do Natal, mas como Páscoa e Natal estão interligados, penso que uns bilharacos nesta altura não ficava mal. Bilharacos caso não saibam são uns bolinhos de abóbora tradicionais de Ílhavo ( Natal ).Por outros lados são conhecidos por filhós de abóbora, bem não perdemos tempo aqui vai a receita a moda dos Gafanhões.

Ingredientes2 kg de abóbora amarela ( se possivel menina )
400 gramas de açucar
200 gramas de farinha de trigo
4 ovos
1 calice de vinho do Porto
1 pitada de sal
1 colher rasa ( das de chá ) de fermento em pó
raspa de 1 limão ou laranja
canela

Preparação
De preferencia de véspera coza a abóbora com água e sal, quando estiver cozido deixe dento de um pano pendurado para escorrer. No dia seguinte misture os ovos um a um , depois a farinha, o açúcar, o vinho do Porto, a raspa ( limão ou laranja ), por fim o fermento. Cubra com um pano e deixe levedar durante 1 hora e 1/2, possado esse tempo com duas colheres ( de sopa ) vá fazendo pequenas bolas e frite em óleo bem quente, retire e escorra a gordura, ponha numa travessa em piramide e polvilhe com a canela.

Bom Apetite