Traductor

domingo, 27 de setembro de 2015

Rojões das sainhas


 Tenho pena que certas tradições sé estejam perdendo com o tempo, assim é a receita de hoje, não será nada boa para a saúde, mas enfim sabem tão bem. É uma daquelas receitas que se devem fazer somente uma vez por ano, uma receita ou um prato que sé fazia por todas Gafanhas, quando os dias eram mais frios, entre Dezembro/Janeiro, começavam as matanças do porco e então era frequente a confecção deste prato. Como todas as receitas típicas esta era feita por todo Portugal variando a maneira de fazer conforme a região.

O redenho ou redanho e a gordura que esta a volta dos intestinos, fígado e rins do porco em forma de rama. Quando da matança do porco as tripas eram aproveitadas para fazer enchidos, assim na altura da limpeza retirava-se a gordura correndo pela tripa na qual saia as sainhas ( em termos mais antigos riçol, palavra ainda usado no Alentejo) que depois de cortada em pequenos pedaços tem uma aparência de uma saia com folhes. A maior parte desta gordura devido a sua qualidade era usada para enchidos ou derreter para fazer unto (Banha derretida). Em suma o redenho será a gordura que sustenta as vísceras do animal (neste caso o porco) com a forma de uma rede, também conhecido por tiez, véu das tripas ou renda, usado na culinária para envolver carnes mais secas para a sua preparação. Já as ditas sainhas são as gorduras que estão agarradas ao intestino delgado envolvido pelo dito redenho.

Nas Gafanhas (centro norte de Portugal), chamam-lhes rojões das sainhas, no Alentejo (sul de Portugal) torresmos de riçol e em Chaves (norte de Portugal) rojão do redanho, assim seja as Sainhas, o Riçol e Redanho, não importa o nome, mas sim que são uma delicia depois de feitos e podem ser degustado simplesmente com broa ou uns grelos com batata cozida, e mesmo depois de frios continuam sendo um bom pitéu.

Ingredientes

Redenho quanto baste

Sal grosso








Preparação
Lave bem o redenho em água fria e deixe repousar em água fria e limpa cerca de 30 minutos, retire da água e corte em pedaços mais ou menos do mesmo tamanho, salpique com um pouco de sal grosso (muito pouco, pois devido ao seu tempo de confecção ficaram temperados).
Num tacho de ferro ou um tacho de fundo grosso em lume baixo, colocar o redenho cortado em adição de qualquer gordura, pois passado pouco tempo o suco que largar será o suficiente par a sua confecção. Durante toda a sua confecção que será entre 90 a 120 minutos ir mexendo sempre com uma colher de pau, assim que estiverem lourinhos apague o lume e retire os rojões. Sirva com uns bons grelos e batatas cozidas regado com um pouco de pingue (gordura derretida que sobrou no tacho) de os fazer.
















P.S.
A gordura que sobrou chamada de unto ou banha depois de arrefecida pode ser posta num pote e guardada no frigorifico, na qual mais tarde pode ser utilizada para confeccionar pratos que necessitem de gordura.


Bom Apetite

1 comentário: